quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Sensualidade

Estou farta da confusão entre sensualidade, luxúria, sedução ou sexualidade.

O próprio dicionário também não ajuda muito à causa. Se procurarmos, o significado virá, provavelmente, no seguimento de que é algo relativo aos sentidos, qualidade de ser sensual. E se procurarmos a definição deste último vocábulo, pouco ou nada adiantaremos porque somos logo remetidos para luxúria, lascívia e afins.

Tampouco consigo definir bem o que é a sensualidade. Sei que se tem ou não se tem. Não se aprende, não se ensina. Não se compra sensualidade como se compra beleza. Uma cara bonita, umas mamas de silicone, umas pernas de metro e meio, umas costas largas ou uns músculos feitos de suor ginasiano não são, por si só, sinónimos de sensualidade.

Mas afinal o que é a sensualidade ou o ser sensual?

9 comentários:

RED disse...

Vou ali olhar melhor para o George Clooney e já volto com a resposta...

Calendas disse...

Vai lá num instantinho que, eu, entretanto, tomo aqui um cafezito com o meu gajo.

RED disse...

Ele também aí estava contigo? Ai o gaijo!

Anónimo disse...

Qual? O meu ou o teu?

Valquíria do sotão esquerdo disse...

Ser sensual é pegar num cigarro com os dedos esticadinhos, a parecer uma qualquer sofredora de parkinson...

Sensualidade é fumar sem sequer pensar nisso e todos apreciarem a forma como expiras o fumo!:)

Penso eu...

Carapau disse...

Ora aqui está um tema bem sensual, na medida em que apela a todos os sentidos e em todos os sentidos. Há pouco, passou por aqui uma enguia a saracotear-se em movimentos lentos e a despertar-me os sentidos. Uma vez desperto um sentido ele manda recados aos outros e um deles manda recado a outro que não é bem um sentido, mas tem o sentido de estar em sentido quando o sentido inicial o despertou. Diz-se então que a enguia estava cá com uma sensualidade do camandro, sendo certo que o camandro nem sempre está para entender estas subtilezas da sensualidade.
Outro exemplo: quando vejo a raia toda aberta com aqueles movimentos lentos em jeito de abano, fico logo a imaginar-me nos mares do sul debaixo duma palmeira, com a raia a abanar-se ao meu lado para me refrescar. Assim, um tipo fresquinho com os sentidos todos despertos, bem se pode dizer que está com a sensualidade toda á flor da pele. Dirão alguns que se julgam entendidos: "isso é pura sexualidade". A diferença é pequena: um "x" em vez dum "ns".
Creio que ficaram todas as dúvidas esclarecidas.

Calendas disse...

Perfeitamente, caro Carapau, perfeitamente. Quando olhar para uma enguia ou, ainda melhor, uma lampreia,imagino o revolver que vou sentir ao nível dos sentidos. Na verdade, esses dois espécimes, costumam fazer-me crescer água na boca. Achas que a sexualidade em ebulição?

cantinhodacasa disse...

A sensualidade é natural.
Uma mulher bonita, bem vestida, pode marcar presença, atrair, mas não ser sensual.
Sensual é a mulher que sbe estar, que irradia simpatia, subtileza, humor e simplicidade.

Calendas disse...

E não só Cantinho, e não só. Pode ser antipática, pouco subtil e meio abrutalhada, mas irradiar sensualidade. Pelo menos eu, vejo assim.