sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Sensualidade II

Muito agradecida pela forma esclarecida e, a bem dizer inovadora, com que definiram o termo em questão.

E eu que andava tão equivocada! Se não fossem vossemecês, estaria agora a pensar que sensualidade tinha a ver com tudo menos com enguias gingonas, raias indecorosas de tão pavoneantes, parkinson e fumo de cigarros. A minha amiga Redzinha também atirou uma para a caixa, mas não chegou a esclarecer ninguém (ainda deve estar a absorver informação acerca da questão). Ou é lenta nas aprendizagens ou o George tem muito que se lhe diga.

De qualquer maneira valeu a lição. Ainda ontem pensava que ser sensual era isto.

14 comentários:

Calendas disse...

É o Mickey que tresanda sensualidade, não a Kim, excepto em um ou dois momentos. Ele não se despe, não dança, mas faz-nos ter vontade de dançar e de nos despirmos.

RED disse...

( e tinha uns valentes anos a menos!)

Pois, sei lá eu o que é a sensualidade. Quedei-me ontem lá pelos lados do café com o GC a tentar perceber o que raio era isso mas continuo sem o saber explicar.

Mas tu, ó calendas, em vez de fazeres perguntas explicas aqui ao pessoal, até me pareces uma mulher esclarecida e assim e até pode ser em portunhol se bem que e pensando melhor isso tira o tesão a qualquer um e lá se vai a sensualidade pró galheiro.

( ah e não me atiras com o Mickey que esse é chão que já deu uvas, agora é só mesmo grainhas. lol)

RED disse...

Acho que vou ali inspirar-me e ver se a Idália está virada para uma coisa mais sensual...

Calendas disse...

Gaita, realmente o gajo já deu uvas, engaços, grainhas e bons copos de vinho. Os anos passam e só eu continuo cada vez mailinda e sensual. Tu também, verdade seja dita.

Calendas disse...

Não te inspiraste ontem? Poxa, que é mesmo lenta. Eu com um cafezinho desses, até levava com o piano na tarola e nem dava por nada.

RED disse...

My dear, há coisas que se querem cozinhadas em lume brando...

RED disse...

Já lá está um projecto duma pincelada a atirar para qualquer coisa...

red hair disse...

sensualidade????isso compra-se na farmácia????, é que a modos que vcs andaram para aí tds perdidos em respostas ambíguas hehehe, essa coisa é aquilo que se tem ou não se tem, e "mainada" lol.pensamento profundo este...chiça que até fiquei cansada de pensar sobro o assunto hahahaha

red hair disse...

sobre, ena pá até escrei com erros e td, fogoooooo, o que custa pensar dps de uma semana de trabalho hehehe

Calendas disse...

Ora bem vinda D. Red Hair. Bem haja.

red hair disse...

olá D.Calendas, tenho andado fugida hehehe terá sido da sensualidade????ou será por causa das velas da redzinha????hahahaha

Carapau disse...

Pois é! Eu também queria que a raia fizesse assim. Mas que te parece? Achas que a convencia a arrancar a pele?
(Estava a ver o filme e lembrei-me de uma cena cómico/triste a que um dia assisti. Não haveria sensualidade que resistisse.
Talvez um dia a conte, se fizer um blog como o teu...)

Calendas disse...

Anda por aí já muita promessa e de promessas está o mundo cheio! Vamos lá escrever essas histórias, pá!

cantinhodacasa disse...

Só a música vale por tudo.
E tinha-a, mas não sei onde ela se meteu...Teria eu enviado a sensualidade bater a outra porta???
Ah! Uma outra bem sensual pode ser "Bolero" de Ravel.
E agora divague!