quinta-feira, 5 de novembro de 2009

A utilidade da coisa

Vi recentemente um dos famosos programas da Sue Johanson, aquela enfermeira de sessenta e muitos anos que fala com despudor de assuntos do foro da sexualidade. Nesse programa, a Sue responde em directo a perguntas que lhe fazem através de chamadas telefónicas.
Num desse telefonemas pergunta uma senhora:
- Utilizo uma escova de dentes eléctrica para me masturbar, acha que pode ser perigoso?
A Sue sem papas na língua, responde:
- Em princípio não, mas deve utilizar bastante lubrificante porque (como a rotação da escova de dentes é bastante elevada) pode causar alguma abrasão.
- A senhora, responde que sim, que costuma utilizar lubrificante.
Aproveitando para fazer publicidade aos produtos, a Sue acrescenta que são muito bons os lubrificantes à base de água.
A senhora informa que usa pasta de dentes como lubrificador e lança outra pergunta:
- Se não lavar a escova de dentes quando a uso como massajador posso, ao lavar os dentes, contrair DST´s?
A Sue, meio desconcertada mas com o humor que a caracteriza, pergunta-lhe se a coisa funciona ou se faz muita espuma e finaliza explicando-lhe todos os riscos e desriscos dessa utilização.

Como gosto de andar informada e desta ainda não me tinha lembrado, fiz uma perguntinha ao doctor google e fiquei a saber que a escova de dentes eléctrica foi considerada pelas leitoras da revista Diva (revista americana dedicada a lésbicas) como o melhor brinquedo do ano e até já há uma empresa que inventou um acessório - Tingletip - para quem usa as escovas de dentes para outros fins e afins que não os bucais.

5 comentários:

RED disse...

O Dr. Google é dótour muito esclarecido e eu sou uma ignorante, está visto e comprovado!

red hair disse...

hahaha então as escovas eléctricas não são para lavar os dentinhos???????????já não percebo nadica de nada lol

kronos disse...

Não senhor, a bem dizer há mais sítios que precisam de lavagens bem proFundas.

Kronos disse...

Molheres enstroiamse, comprem a Lebodiva.

Anónimo disse...

Para já a Sue Johanson é uma porreira, com uma figura fora de série e uma descontracção de escova de dentes eléctrica. Por acaso não vi esse programa. Mas já sei o que vou oferecer pelo Natal a uma Garoupa que me anda a rondar a caverna: uma escova de 220 volts. Tenho de perguntar à Sue qual a melhor pasta para o efeito.
E lembrar-me eu que ainda faço tudo "à mão"...
Nem parece coisa de peixe...