terça-feira, 13 de abril de 2010

Contagem (depois da meia noite) crescente




Há quarenta e quatro anos, ao invés de uma estrela especial, uma valente trovoada anunciou a chegada de uma bebé magricela e chorona.

Essa ex-bebé, ex-magricela e ex-chorona decidiu que hoje seria o último dia em que inspiraria, por seu livre arbítrio, benzeno, nitrosaminas, formaldeído e cianeto de hidrogénio.

Além dos 22 anos em cada perna que já detém, a ex-bebé, ex-magricela e ex-chorona, decidiu que também queria ter a mesma quantia em cada braço. Posto isto decidiu submeter-se, desta vez, a uma contagem crescente, contando, daqui adiante, os dias em que essas substâncias estiverem ausentes.

E que as boas intenções não as levem os ventos! (e assim a ajudem os amigos da ex-bebé, ex-magricela e ex-chorona, incutindo-lhe responsabilidade, força de vontade e coragem. Ela conta também com eles.)


7 comentários:

Livro Branco disse...

Parabéns, mulher! :)))
Pelo aniversário e, acima de tudo, pela coragem de largares um vício que ainda me "escraviza" e do qual apenas obtive alforria por escassos meses... Farei de tudo para que essa boa intenção/decisão não parta com os ventos e ficarei à espera de um rasgo de coragem para te acompanhar nesta nova contagem! ;)
E por teres nascido no Dia Mundial do Beijo, toma lá 1532 osculos meus! :)))

Vício disse...

parabens!
e espero que consigas seguir a contagem ;)

(estás proibida de atacar fumadores, ok?)

Carapau disse...

Desvendado o mistério!
Isto de fazer anos é um mal que acontece a todos, damo-nos os parabéns nem sei bem a razão.
Mas aqui ficam os meus, com votos que consigas os outros 44 para os braços e os abraços.
Quanto ao verdeiro motivo da contagem decrescente, conta com o meu apoio de torcedor e o meu exemplo. Para mim foi fácil, creio que o difícil era fumar, cada vez me sentia pior comigo mesmo, mas entretanto já lá vão longos anos. E foi sem sacrifício. No entanto deves estar preparada para algumas dificuldades (há quem as tenha e quem as vença facilmente).
Pelo menos virtualmente aqui fica o meu apoio.

maria teresa disse...

Não fumo, nunca fumei! Que santinha que eu sou... Mas vivi quarenta anos ao lado de um fumador que fez várias tentativas que lhe sairam "goradas".
É preciso estares "muito bem" e teres muita força de vontade. Eu dou-te a que precisares...
Os parabéns já te dei noutro local, onde o Carapau não pode meter as barbatanas...
Um abraço para ser repetido daqui a um ano menos um dia

Red Maria disse...

Já começaste a trepar paredes?


(desculpa mas a mim só me ocorre isso porque sou uma fraca!)

AVOGI disse...

44 anos? eu a qui a pensar e ao dizer aos meus botoes que esta era uma rapariga para aí ter os seus 25 ou 30 anos? equivocada eu estou . e agora queeu sei deixar os comentos nao te livras de mim, E recebe a musica do marco Paulo aliás de joao simao "mulher de 40". Olha ca pressa naopus os "tilhes" nas palavras. kis

Calendas disse...

Ora essa, estás agora equivocada! Tenho 30 mais uns acrescimoszitos de pouca monta.